APÓS DESCONSTRUIR MARCOS ROCHA, JAIME BAGATOLLI SE ARREPENDE, CHORA E ACEITA DIVIDIR GOVERNO COM MDB

Agora MDB pode. Confúcio venceu mais uma vez. O ex-candidato ao Senado Federal Jaime Bagatolli (PSL), resolveu voltar atrás, após desconstruir o candidato ao governo, Marcos Rocha (PSL). Na coletiva que concedeu  domingo em Vilhena, Bagatolli alegou que gastou R$ 2,5 milhões na campanha dele e na de Marcos Rocha. “Carregou” o partido nas costas, disse Baga. “E agora vejo o MDB enfiado na campanha”, reclamou. Menos de 24 horas depois, após alguns conchavos, ele reavaliou e voltou atrás. Agora Marcos Rocha é o cara. O que mudou em menos de um dia? O que conversaram? O que acordaram? Que acordo firmaram?

Nesta foto, o sorriso forçado de Marcos Rocha mostra a quantas andam as relações com o patrocinador da campanha.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *