Coronel Marcos Rocha dá cano na TV Rondônia para fugir de sabatina e debate tal como Bolsonaro

PORTO VELHO-Covardia, medo, sem propostas ou simplesmente irresponsabilidade? O candidato ao governo de Rondônia, coronel Marcos Rocha (PSL) deu cano (não foi) à uma entrevista previamente agendada pela TV Rondônia, que iria ao no Jornal de Rondônia de hoje. Marcos Rocha que deve estar acometido de uma síndrome de Bolsonaro, aquele que foge de debates como o diabo foge da cruz, simplesmente não compareceu à TV Rondônia e, possivelmente não vai participar de debates com o candidato Expedito Júnior (PSDB) que em umas boas perguntas a formular para o fujão.

Marcos Rocha, como diz-se na gíria, está fazendo c…doce, ou seja, achando que já está eleito. Enquanto o candidato que liderou todo o primeiro turno está disposto a debater propostas de governo, parece que o candidato plano B do MDB está com medo. Será que ele não quer ser questionado sobre as declarações de Confúcio Moura que disse que Marcos Rocha foi para o PSL circunstancialmente? Ou seja, que continua no grupo do MDB?

Ou não quer ser indagado sobre a briga interna envolvendo dirigentes e o ex-candidato ao Senado, Jaime Bagatolli? O serpentário do PSL virou um lugar perigoso, com cobras cascavéis se picando, umas as outras.

Nesta terça, a TV Rondônia entrevista Expedito Júnior que confirmou presença.

Assista a indignação da apresentadora do Jornal de Rondônia, por conta do cano que Marcos Rocha deu hoje:

2 comments

  1. Essa forma expressa, como foi divulgado nas notícias vinculada, deixa bem claro que não houve nenhum contato referente ao motivo da sua ausência no debate.
    E a forma agressiva de falar do candidato, seja parcial.
    Você só tem a ganhar com essas publicações.

  2. Pelo q sei, ele se deu muito bem na entrevista de primeiro turno na emissora. Não teria porque fugir. Acho a matéria bastante acusativa e tendenciosa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *